26 Julho 2017

Reabilitação da Estrada Samba Cajú, Banga, Quiculungo e Bolongongo e Assinado o Auto de Consignação para a conclusão da Estrada EN225

EN225- Catata Lôvua

As estradas que ligam os municípios de Samba Caju, Banga, Quiculungo e Bolongongo, na província do Cuanza-Norte, começaram a ser reabilitadas após a celebração do auto de consignação, na segunda-feira, entre o Instituto Nacional de Estradas e a empreiteira Griner engenharia.

Financiadas pelo Executivo, as obras, que vão beneficiar 92 quilómetros, estão repartidas em vários itinerários, sendo 46 quilómetros entre Samba Caju e Banga, 36,5 quilómetros entre a Banga e Quiculungo, bem como 9,5 quilómetros da sede do Quiculungo a vila de Bolongongo.
O arranque dos trabalhos, que consistem na reabilitação e asfaltagem dos troços, contou com a presença do ministro da Construção, Artur Fortunato, do governador do Cuanza-Norte, José Maria Ferraz dos Santos, de membros do governo provincial, dos administradores municipais e população local.
Os trabalhos, a serem executados num período de 15 meses, estão orçados em 11 mil milhões de kwanzas, gerando cerca de 380 postos de trabalho. A estrutura do pavimento das estradas vai ter duas faixas de rodagem, uma camada de desgaste de cinco centímetros em betão betuminoso, perfil transversal das faixas com sete metros cada, sendo um metro de berma revestida, igual número de concordância com taludes ou valetas profundas. Serão ainda construídas 50 passagens hidráulicas e dez pontes.

Simultaneamente, a construtora angolana Griner foi selecionada pelo Governo de Angola para concluir o último troço da reabilitação da Estrada Nacional 225, na província da Lunda Norte. A obra em causa compreende o troço de 26 quilómetros entre as localidades de Catata e Lôvua, adjudicada à construtora Griner por 28,9 milhões de dólares (26,7 milhões de euros).

O Auto de Consignação foi assinado do passado dia 17 de Julho e contou na presença do Ministro da Construção, Artur Fortunado.